Diga não ao Shopping Olhos D’água!!!

No domingo retrasado percebi uma movimentação diferente no Parque Ólhos D’Água (Quadras 413/414 Norte), local que milhares de pessoas utilizam diariamente para correr, caminhar e desfrutar de uma das últimas manifestações da natureza dentro do contexto urbano de Brasília.

a

 

Neste local existe uma bela amostra da vegetação do cerrado, serpenteada por uma mata ciliar, a qual envolve um regato de água que alimenta a bela lagoa do sapo.

Todo este ecossistema é sustentado por uma nascente localizada num terreno da Quadra 213 Norte.

O incrível (se é que ainda se pode assustar-se com algo neste país) foi saber que a aglomeração no parque tinha como fim a realização de um abaixo-assinado contra a construção de um shopping na área da referida nascente – uma APP, Área dePreservação Permanente!

b

Shopping?

Precisamos de mais árvores, transporte público, segurança, saúde…E recebemos mais um shopping?

Creio que tudo se resume no que ainda não temos: EDUCAÇÃO.

Tiro o chapéu para os que se mobilizaram e assinaram o tal abaixo-assinado. Sim, porque é fácil apontar o dedo e não se olhar no espelho. Quem reclama do trânsito (e com razão), nem percebe que ele mesmo é responsável pelo caos que se instalou nas ruas e avenidas.

Por que, ao invés de irmos às concessionárias de automóveis, não vamos à Administração das cidades cobrar de quem lá colocamos por um transporte público eficiente, hospitais dignos, escolas (e muitas) com qualidade?

Porque é mais fácil pagar e consentir né?

E assim, lá se vai mais uma vez a frase: “Huhmm, fazer o quê? É assim mesmo, não tem jeito não…”

Sendo assim, não reclame. Definitivamente, temos o que merecemos.

Lembro de minha juventude, quando ia sozinho para a escola de bicicleta, estudava na Escola Classe 103 Sul, pedalava livremente por todo o Distrito Federal, voltava das festinhas caminhando com outros amigos. O que estão fazendo com Brasília?

A antiga qualidade de vida desta cidade, hoje, mais se parece com o conto da carochinha, ou seria da “Carranquinha”?

Lembram-se?

Que saudade daqueles tempos…

Não quero pregar um movimento anticapitalista, retrô, mas o fato é que não dá mais para se viver escravo de tanta especulação.

Nos dias atuais, em terras brasilis, do jeito que se encaminham os valores, quem não tiver um bom par de meias ou uma cueca GG, está fora das “oportunidades”!

Choremos, pois…

Reaja!

Acesse e assine: www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N12789

2 thoughts on “Diga não ao Shopping Olhos D’água!!!

  1. Depois que vi o Parque do XINGU tendo a floresta amazonica disimada , as comunidades indigenas sendo saqueadas, terrenos como este viram concreto do dia para a noite em varios lugares. Aqui em Pelotas tivemos que recolher ao Ministerio Publico contra a Prefeitura por obra nas areias da Praia do Laranjal. A obra ja iniciada teve que ser suspensa por ordem judicial. Façam o mesmo, procurem o s orgãos ambientais tambem.

  2. Depois que vi o Parque do XINGU tendo a floresta amazonica disimada , as comunidades indigenas sendo saqueadas, terrenos como este viram concreto do dia para a noite em varios lugares. Aqui em Pelotas tivemos que recolher ao Ministerio Publico contra a Prefeitura por obra nas areias da Praia do Laranjal. A obra ja iniciada teve que ser suspensa por ordem judicial. Façam o mesmo, procurem o s orgãos ambientais tambem. …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s