Rapadura: uma suplementação barata e nutritiva

A fabricação da rapadura iniciou-se nas ilhas Canárias, como uma solução prática de transporte de alimentos que resistia durante meses às mudanças atmosféricas, visto que o açúcar ficava úmido e com aspecto melado.
A rapadura é feita a partir do caldo da cana e seu processo de fabricação é praticamente todo artesanal, tendo um custo de produção mais elevado que o açúcar. Porém é mais nutritivo, além de não conter qualquer aditivo químico. É a versão integral do açúcar.

A rapadura é uma boa fonte de carboidratos
Enquanto o açúcar refinado é feito exclusivamente de sacarose, a rapadura possui excelentes propriedades nutricionais.
100 gramas desse doce fornecem:
-312 kcal
-75g de carboidrato
-70mg de cálcio
-55mg de fósforo
-12mg de potássio
-80mg de magnésio
-0,01mg de vitamina B1
-0,01mg de vitamina B6
-7mg de vitamina C
-2mg de vitamina A

Sua utilidade é extensa e varia de acordo com os hábitos culturais de cada região onde é utilizada. No Brasil, é utilizada em substituição ao açúcar, como sobremesa e principalmente como complemento na alimentação de populações mais carentes (adicionada nas cestas básicas e na merenda escolar da região Nordeste). Também pode ser utilizada como medicamento e como ingrediente de drinks e molhos.
Para os atletas, principalmente os de endurance que precisam de uma maior quantidade de energia, é uma ótima opção. Além de a rapadura fornecer energia, ainda fornece vitaminas e minerais, tendo vantagem sobre as outras fontes de açúcar consumidas por muitos atletas. Um exemplo é a maltodextrina, um suplemento muito utilizado, mas que só fornece carboidratos (açúcar).
Por ser um alimento de alto índice glicêmico, eu não recomendo seu uso antes dos treinos. Ao ser consumido antes do treino (1 hora ), pode provocar a hipoglicemia de rebote (que é causada quando ocorre um pico muito alto de glicemia). O ideal é consumir durante e após os treinos

RECEITA DO TRIATLETA SAULO SANSON (de Curitiba)
Pegue 50g de rapadura e coloque em uma garrafa de 500 ml de água.
Deixe dissolver durante a noite na geladeira.
De manhã cedo acrescente uma pitada ( pontinha da faca) de bicarbonato de sódio, mais uma pitada de sal e por fim espremer um limão pequeno.
Esta pronta a deliciosa e poderosa bebida para provas e treinos de endurance!
Essa receita possui:
37,5 gr de carboidrato ( com concentração de 5,5%)
2mg magnésio
Curtir 1382mg magnésio
26mg potássio
4,5 mg fósforo

Por Yana Glaser – nutricionista e triatleta há mais de 10 anos, colunista da Revista MundoTRI Magazine do Portal
MundoTRI. Dúvidas sobre Nutrição? Entre em contato com yana: yanaglaser@hotmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s